Archive em Novembro 2017

Vulture: Livros para ler em Novembro

Freya, by Anthony Quinn (Europa, November 7)
The Last Girl: My Story of Captivity, and My Fight Against the Islamic State, by Nadia Murad (Tim Duggan Books, November 7)
Mrs. Osmond, by John Banville (Knopf, November 7)It’s All Relative: Adventures Up and Down the Family Tree, by A.J. Jacobs (Simon & Schuster, November 7)
Don’t Save Anything, by James Salter (Counterpoint, November 14)
The World Goes On, by László Krasznahorkai (New Directions, November 28)
Using Life, by Ahmed Naji, ill. Ayman al Zorkany, trans. Benjamin Koerber (University of Texas, November 14)

Saberes Inúteis em .pdf no site da FFMS

Na sequência da série de conferências Educação e Ciência da Fundação Francisco Manuel dos Santos foi colocado online uma versão do livro A Utilidade do Inútil, um manifesto do filósofo italiano Nuccio Ordine. A conferência base “A Utilidade dos Saberes Inúteis” pode ser lida e descarregada em .pdf aqui.

Público: Sócrates exigiu ultrapassar vendas de José Rodrigues dos Santos

“O ex-primeiro-ministro José Sócrates deu três dias ao grupo Babel para pôr no top dos livros mais vendidos a sua tese de mestrado sobre a tortura em democracia”, escreve o Público. “O Ministério Público defende que uma parte do dinheiro que José Sócrates recebeu a título de subornos do Grupo Lena serviu para comprar exemplares do A Confiança no Mundo: Sobre a Tortura em Democracia em quantidades industriais, através dos amigos, para ficar conhecido como autor de sucesso. O próprio nega-o.”

O jornal escreve que foi o fundador do grupo Babel, Paulo Teixeira Pinto, “quem decidiu apostar no resultado dos estudos de Sócrates em Paris. Dois anos mais tarde, quando foi inquirido pelas autoridades, o então director comercial da editora ainda não se tinha esquecido das particularidades que tinham rodeado o lançamento e a venda do livro. Tanto José Araújo como uma colega sua da Babel relataram os insistentes telefonemas do autor para saber se já tinha ultrapassado José Rodrigues dos Santos nas vendas, e o seu desapontamento ao saber que isso não sucedera”, noticia.

Ler mais

Euronews: Leilão de desenhos de Tintin

Leilão em Paris vai ter à venda vários desenhos e esboços originais de Tintin, da autoria de Hergé. “Mas não é um leilão para qualquer bolsa. As peças, raríssimas, atingem as centenas de milhares de euros.”, diz a Euronews.

“Um desenho a cores, a tinta-da-china e aguarela, para a capa de “O cetro de Ottokar”, pode chegar aos 800 mil euros: “Este nunca esteve no mercado. Foi oferecido, em 1939, à pessoa que ainda o tem. É a história de uma vida, esta pessoa viveu toda a vida com este desenho, era criança quando encontrou Hergé, que lhe ofereceu o desenho como presente”, explica o perito Eric Leroy.

Outras peças raras e valiosas à venda são os esboços para “As joias de Castafiore”, tal como os originais das duas primeiras tiras de “A estrela misteriosa”, avaliadas entre 300 mil e 400 mil euros. O leilão vai ter lugar na Artcurial, em Paris, no dia 18 de novembro.

No último ano, esta é a terceira vez que desenhos de Hergé vão a leilão. Antes foi Abril passado e em Novembro do ano passado.

Prémios Jabuti começaram a ser conhecidos, Romance para Silviano Santiago

Silviano Santiago

Silviano Santiago, escritor e professor de literatura, foi o vencedor do Prémio Jabuti de Romance com uma ficção sobre os últimos anos de Machado de Assis (falecido em 1908). Com este anúncio, citado da Folha de S. Paulo, o autor de 81 anos concorrerá ao Jabuti  Livro do Ano de Ficção que será anunciado a 30 de novembro.

Os vencedores das 29 categorias do Jabuti foram divulgados na tarde desta terça (31) pela Câmara Brasileira do Livro.

“Neste ano, foram introduzidas duas novas categorias; uma dedicada a livros brasileiros traduzidos no exterior –na qual “A Cup of Rage”, versão britânica de “Um Copo de Cólera”, de Raduan Nassar, saiu vencedora– e outra, aos quadrinhos. “Castanha do Pará”, HQ independente de Gidalti Oliveira Moura Júnior, foi a ganhadora”, refere o jornal.

Todos os vencedores abaixo

Ler mais

O Crime no Expresso do Oriente tem nova versão cinematográfica

Kenneth Branagh é o realizador da nova versão cinematográfica de “O Crime no Expresso do Oriente“, baseado no clássico de Agatha Christie. O actor e diretor inglês desempenha o papel de Hercule Poirot à frente de um elenco que inclui Penélope Cruz como Greta Ohlsson, Willem Dafoe como Gerhard Hardman, Judi Dench como Princesa Dragomiroff, Johnny Depp como Ratchett e Michelle Pfeiffer como Mrs. Hubbard.

O filme estreia em Portugal no dia 9 de Novembro.