Mataram a Cotovia e Huckleberry Finn retirados de curriculum no Minnesota

A notícia é do Guardian, citando o Bemidji Pioneer. Um agrupamento de escolas no Estado do Minnesota decidiu retirar “Mataram a Cotovia” e “As aventuras de Huckleberry Finn” do seu curriculum, reclamando que estes romances clássicos com referências racistas por que podem criar situação de “humilhação e marginalização”. Os responsáveis do Duluth vão manter os livros nas bibliotecas. Serão ensinadas as mesmas matérias, afirmou o responsável do agrupamento ao jornal local, mas utilizando outras opções literárias: “We felt that we could still teach the same standards and expectations through other novels that didn’t require students to feel humiliated or marginalised by the use of racial slurs”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *