Etiqueta em José Rodrigues dos Santos

Os dez mais vendidos de 2017 na Fnac

O site da Fnac elencou os dez livros mais vendidos de 2017.

1. Origem, Dan Brown (Bertrand), editado em outubro
2. Chegar Novo a Velho, Manuel Pinto Coelho (Primebooks), editado já em novembro de 2015
3. Escrito na Água, Paula Hawkins (TopSeller), editado em maio
4. Astérix e a Transitálica, Goscinny, Uderzo, Jean-Yves Ferri e Didier Conrad (Asa), editado em outubro
5. O Caderno das Piadas Secas, Pedro Pinto, Gonçalo Castro e João Ramalhinho (Manuscrito), editado em julho
6. A Estranha Ordem das Coisas, António Damásio (Temas e Debates), editado em novembro
7. Sinal de Vida, José Rodrigues dos Santos (Gradiva), editado em outubro
8. A Viúva Negra, Daniel Silva (Harper Collins), editado em março
9. Wuant: O Início, Paulo Borges e Valente, editado em janeiro
10. Nada Menos Que Tudo, Afonso Noite-Luar (Manuscrito), editado em junho

Público: Sócrates exigiu ultrapassar vendas de José Rodrigues dos Santos

“O ex-primeiro-ministro José Sócrates deu três dias ao grupo Babel para pôr no top dos livros mais vendidos a sua tese de mestrado sobre a tortura em democracia”, escreve o Público. “O Ministério Público defende que uma parte do dinheiro que José Sócrates recebeu a título de subornos do Grupo Lena serviu para comprar exemplares do A Confiança no Mundo: Sobre a Tortura em Democracia em quantidades industriais, através dos amigos, para ficar conhecido como autor de sucesso. O próprio nega-o.”

O jornal escreve que foi o fundador do grupo Babel, Paulo Teixeira Pinto, “quem decidiu apostar no resultado dos estudos de Sócrates em Paris. Dois anos mais tarde, quando foi inquirido pelas autoridades, o então director comercial da editora ainda não se tinha esquecido das particularidades que tinham rodeado o lançamento e a venda do livro. Tanto José Araújo como uma colega sua da Babel relataram os insistentes telefonemas do autor para saber se já tinha ultrapassado José Rodrigues dos Santos nas vendas, e o seu desapontamento ao saber que isso não sucedera”, noticia.

Ler mais