Etiqueta em Manuel de Castro

Rascunho automático

Numa escolha unânime do júri, Camões e Outros Contemporâneos (Presença, 2017), de Helder Macedo, venceu a edição de 2018 do prémio D. Diniz, da Fundação Casa de Mateus. “Poeta e romancista reconhecido, Helder Macedo oferece-nos neste livro da sua vertente ensaística um percurso pela literatura portuguesa, da Idade Média à actualidade, em que a familiaridade com os grandes autores do passado e os do presente nos aproxima do seu universo, cruzando criação e vida”, diz a acta do júri, que assinala ainda a coincidência de o prémio ser atribuído “a uma obra que começa precisamente pela análise inovadora de uma cantiga de amigo do rei poeta que o nome do prémio celebra”. Conquistou ainda os jurados o modo como Macedo “assume a ousadia das suas descobertas e o faz com uma erudição que, longe de afastar o leitor, o fascina pelos novos horizontes que vem abrir”. Do Público.